fevereiro'17

Foi este mês que o Nightie Night pode (re)nascer como expressão dos meus desejos, das minhas experiências pessoais e da minha vontade de comunicar com o mundo. Pois, o bichinho do blog persistiu a múltiplas desistências da minha parte, justificadas ora por falta de tempo, ora por falta de inspiração - gerir um blog é difícil quando temos outras prioridades. Sinto-me realizada por ter retomado à blogosfera e de ter conseguido (voltar a) ter disponibilidade para ler blogs - já que aprecio a individualidade de cada um. 

Foi também em Fevereiro que tive tempo de recuperar diversas atividades. Visitei sítios novos, pude procrastinar à vontade e ainda vi as minhas séries (que tanto adoro). Reencontrei amigos e consegui estar mais presente na vida de cada um. E como é habitual, partilho convosco os meus favoritos de Fevereiro de 2017. 



SHAMELESS US //
Acompanho esta série norte-americana desde 2014 e em todas as temporadas fico boquiaberta com a irreverência e com o modo como é brutalmente honesta. Shameless US é a versão americana de uma série originalmente britânica, mas que me atrevo a dizer - porque vi um pouco da versão britânica e não consegui ver um episódio que fosse até ao fim - que o remake à là americano é mil vezes melhor. 

Shameless acompanha a família Gallagher nas suas lutas, nos seus amores e desamores, no crescimento dos mais pequenos (que após sete temporadas já não são assim tão pequenos, excepto o jovem Liam) e deixa-nos inquietos entre o herói e o anti-herói, pois ou detestamos Frank Gallagher (o péssimo pai desta família), ou torcemos por e com ele (esta personagem para mim representa o anarquismo, já que tenta constantemente justificar as suas ações recorrendo a uma lógica própria, e talvez seja por isso que o odiamos tanto: fala muito e age muito pouco).  Adorei ver Fiona a tomar uma posição desafiante na sua vida e gostei de ver mais de Lip na sétima temporada. 

É no fundo, uma série que espero que se prolonga por mais anos, uma vez que é de enorme sucesso da emissora ShowTime e que a cada temporada parece mais e mais promissora. Quero mais!


MUSEU NACIONAL DE ARTE ANTIGA //
Visitar museus terá de ser uma das minhas atividades preferidas, quer para se fazer sozinha ou acompanhada, e este mês pude finalmente visitar a exposição permanente do Museu Nacional de Arte Antiga, na rua das Janelas Verdes. 

Este museu "alberga a mais relevante colecção pública do País". No seu acervo podemos encontrar uma vasta colecção de pinturas e esculturas tanto de artistas nacionais como de mestres de outras nacionalidades, sendo que fiquei especialmente encantada com uma pintura de Gustave Courbet, Paisagem de Inverno, de 1868; com a escultura de Auguste Rodin e Pierre (o seu ajudante), Danaide; e com um grande exemplo de pintura portuguesa: A Adoração dos Magos de Domingos António Sequeira. 

O MNAA também possui inúmeras peças de mobiliário e decoração provenientes de diferentes países e épocas, com destaque para a cerâmica islâmica, porcelana chinesa e mobiliário de Macau. É um ponto de passagem obrigatório, que já devia ter feito há mais tempo e ao qual pretendo voltar.


HURT ME BY LåPSLEY //
Esta foi a música que mais ouvi no mês de Fevereiro e descobri-a através de Conan Gray (um dos favoritos do mês anterior), sendo que a partilhei com vocês numa pequena playlist que fiz - à qual podem aceder aqui

Ainda não consegui identificar ao certo o que é que esta canção significa para mim, só sei que a letra e a melodia combinam na perfeição e que recomendo vivamente a ouvirem-na.

"Can't look at you the same way, anticipatin' heartbreak
And I know, and I know, and I know
I'm puttin' on a brave face to meet you in the same place
And I know, and I know, and I know
Gotta let my mind find another space
Cause I heard these scars never go away
And now I'm runnin' out of ways to numb the pain."


IDFC BY BLACKBEAR // 
Blackbear, para mim, é um daqueles artistas que parecem passar despercebidos, mas que de vez em quando damos conta de que já ouvimos alguma coisa dele. Foi assim com Blackbear e foi assim com esta canção em particular. Eu já a tinha ouvido, contudo foi neste mês que dei o devido valor. 

É uma música chill e de carácter mainstream, mas que nos deixa completamente envolvidos. 

"I'm only a fool for you
And maybe you're too good for me
I'm only a fool for you
But I don't fucking care at all."


ESSENCE MAKE ME BROW //
Depois do único produto que uso para domar as minhas sobrancelhas ter terminado - o Gimme Brow da Benefit -, comecei a procurar alternativas mais em conta, já que é um produto que uso diariamente e é também de desgaste rápido. Claro que procurava por um que mantive-se a mesma qualidade: a de manter as sobrancelhas no sítio o dia todo e onde fosse necessário, retoca-se. Para meu espanto, encontrei este produto da essence que cumpre exatamente com isso e é uma óptima opção por um preço bem mais em conta. 


MAYBELLINE FIT ME! MATTE + PORELESS //
Embora adore o acabamento dewy que é tendência tanto nas red carpet como entre youtubers, acredito que uma base com um acabamento acetinado dure muito mais tempo, até porque não transfere com tanta facilidade para a roupa ou desaparece durante o dia, tornando-se numa óptima opção para o quotidiano. 

Deste modo, a base Fit Me! Matte + Poreless da Maybelline é a minha aliada, pois reduz a aparência dos poros e matifica a pele. 

9 comentários:

  1. E ainda bem que regressaste! Cada vez mais, gosto de te ler e confesso que já te sentia a falta!
    Beijinhos!

    LYNE

    ResponderEliminar
  2. Quero muito visitar o MNAA e só me dás mais vontade de o fazer! Quem anda muito virada para Conan Gray este mês sou eu! É mesmo bom ter-te de volta! Espero mesmo que continues por cá! :)

    ResponderEliminar
  3. Adorei a música "Hurt Me", keep going girl!

    ResponderEliminar
  4. O MNAA é definitivamente um dos meus museus favoritos em Lisboa! :)

    ResponderEliminar
  5. Adoro o Museu de ARte Antiga, e é bem pertinho de minha casa! ^^

    ResponderEliminar
  6. "gerir um blog é difícil quando temos outras prioridades", concordo tanto!!

    sigo o blog! beijinhos*

    ResponderEliminar
  7. Não conhecia a "Hurt Me" mas até gostei!

    Inês... é tão bom ter-te por aqui. A sério!

    ResponderEliminar